Postagens populares

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

A ditadura da beleza.




“Enganosa é a graça, e vaidade, a formosura...” Provérbios 31-30 a.

Que nós vivemos a ditadura da beleza todo mundo já sabe, mas o que muita gente não lembra, é que a beleza física passa; restando-nos apenas a formosura interior.
Não seria melhor se ao mesmo tempo em que cuidássemos da nossa casa externa, também pincelássemos nosso espaço interno com as tintas do amor, da compaixão, da tolerância e do domínio próprio?!
Deixemos que cada um habite sob o céu azul ilimitado, conforme sua escolha. Paremos de ordenar ao outro que emagreça; que pinte o cabelo com a cor da moda, que vista as roupas do momento, que deixe as unhas na medida dos conformes ditatoriais, e etc., etc.
A beleza não nos leva até o fim do caminho, no máximo até a metade. O restante do percurso é feito com as pisadas do homem interior. Ele está cuidado?
A beleza externa deve ser o reflexo da alma.


Cristina Barros Guariento
Jan/2015.


terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Nação & corrupção









Por aqui falta água
Mas sobra corrupção
Falta energia
Mas sobra ladrão
Falta emprego
Mas há inflação.
O resto é ilusão...
Coitada da nossa Nação!


Cristina Barros Guariento
Jan/2015


sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Esperando a Esperança.








Nas minhas andanças perdi a esperança. Mais tarde a encontrei na caixa das lembranças. Perdi novamente.
Breves momentos para sonhar. Sentei por um momento e tentei me abrigar do frio que entrava pelas lacunas do medo, provavelmente pela aproximação de mais uma noite fria de solidão.
Tão fragilizada pelas perdas cotidianas, eu não percebia um pássaro que se aproximava trazendo boas vindas com o seu canto... Perplexa e sem norte, eu sentia cada vez mais forte a distância da tão esperada “sorte”.
Como num piscar de olhos, olhei ao redor e vi um baile de esperança na canção daquele pássaro que me mostrava a emoção do reencontro com a esperança. Lembranças de um tempo que viria proporcionando um novo conceito de uma porta que se abria.
Uma nova caixa se encaixa no meu dia-a-dia: paz, amor, esperança e harmonia. 
Chegou o grande dia!



Cristina Barros Guariento
Agosto 2011.


quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

A mentira










A mentira é o princípio de todos os males.

Cristina Barros Guariento
Jan/2015



quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

A fé







A fé é o condimento da esperança

Cristina Barros Guariento
Jan/2015



Corrupção





É ladrão saindo pelo ladrão...
Coitada da nossa Nação.
Mas sei que terá muita ação
E desmantelada a facção
Será muita emoção
Do sul ao sertão...
Banindo a corrupção.


Cristina Barros Guariento
Jan/2015


terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Parabéns, Belém!



Belém, Belém
Casa do pão
Significa teu nome...
Amor, tradição e emoção.

Tuas mangueiras e chuvas
Teus cheiros, tua gente.
Que o bom Deus te cubra
De paz e amor presentes...

Tacacá, maniçoba
Sabor tem de sobra
Terra que abriga
E o amor não te cobra...

Parabéns Belém!
Casa do Pão
Da Tuna e do Remo
E também do Papão


Cristina Barros Guariento
Jan/2015


quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Sempre assim!





Eu tenho medo de mim
Quando saio assim,
Um pouco fora de mim...
Nem que seja um tiquim,
Vou percorrer e fazer
Uma análise de mim.
Mas é sempre assim.


Cristina Barros Guariento
Jan/2015