Postagens populares

domingo, 20 de novembro de 2011

Coração Cansado


Cristina Barros

Já está tarde, o silêncio da noite se confunde com o sigilo do meu coração, e, parece parar tudo. As forças em uma forma de externar, que não suportam mais lutar escondem-se no turbilhão de pensamentos, são intensos... Adormeço com a alma encharcada das lágrimas que meus olhos não relutam mais em deixá-las rolar; meu coração está nadando no mar da saudade impulsionado a alcançar o barco que o levará à cidade chamada felicidade.
O alvorecer avisa que chegou por uma fresta na janela; posso observar o balanço das árvores causado pelo vento... A brisa parece querer acalentar meu coração já sofrido e cansado de tanto flutuar nas águas profundas, com correntezas de incertezas que querem afogar meu ser.
Debruço-me na janela para observar o horizonte e suas curvas peculiares que proferem em meu coração cansado, um novo rumo, uma nova alameda.  
Tudo recomeça talvez sem pressa, ou apressando o passo para alcançar o “inalcançável” destino sonhado, pois a estrada da vida é longa e há muito a ser percorrido pela via de mão única. A dor de um sonho frustrado só tem sua agonia minorada quando a alma é encorajada a seguir sem olhar para trás... Como conseguir?