Postagens populares

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

O Frio da espera





Sinto um frio em círculo ao calor
Ah! A dor da espera me dá um temor
E a vida que atravessa me assusta e dá medo
A esperança se vai, eu não poupo segredo

Meu contemplar se perde na imensidão
Lágrimas germinam do meu coração
Quanto vale esperar por alguém?
O que inventar enquanto ele não vem?

Felicidade palavra bonita
Ambiciona no que acredita
Ama o que ainda demora.
É o tempo que não conta a hora

Mergulhar no rio da espera
Me desespera...
Ouvir a voz da sabedoria
É o que eu mais queria.

Cristina Barros Guariento
Novembro/2011