Postagens populares

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Nostalgia






A tarde se despede...
Nostalgia sem clemência 
Meus pensamentos se confundem
As lembranças desfilam na minha mente
O aroma do tempo desperta a melancolia da hora.
Eu ensaio esquecer a despedida
Meu coração enternece.
A estrada da vida parece longa
Prefiro parar no apoio do momento
E acalentar meu pranto sem constrangimento,
Minha alma frágil lamenta.
Percebo-te longe e fraquejo,
Tento pronunciar teu nome
Meu coração cala na trilha
Sem rumo para encontrá-lo,
Meu amor desfalece...
Meus sentimentos arcam
A coragem brota para afrontar
Meu olhar birra em te buscar,
Extenso é o caminho, mas...
Meu amor vai chegar...
Não sei de qual lugar.

Cristina Barros Guariento
Dez / 2011